EN | PT
SUPORTE
61.3340-8486
Soluções » Subestações Industriais

Subestações Industriais


Subestações industriais são semelhantes a subestações de concessionárias, mas o perfil dos operadores é diferente, assim como, a organização do banco de dados e telas. Na concessionária, a energia é o objeto da produção e da oferta enquanto que, na indústria, a energia é um insumo usado na produção de um outro produto (celulose, fertilizantes, alimentos, etc.). Enquanto insumo, nossos objetivos são reduzir o consumo e garantir segurança na produção do produto final. Dessa forma, o operador de uma concessionária tem um perfil diferente quando comparado com um operador da indústria, embora o SCADA de ambos os sistemas sejam semelhantes do ponto de vista do processo controlado, exigindo utilizações de uma interface homem máquina diferente.

A Spin já automatizou diversas subestações industriais e o componente subestação industrial é um exemplo de uso da metodologia Lean Automation para gerar uma aplicação de subestação industrial em poucos minutos.

No caso de Value Added Reselers (VARs) que atuam na automação de subestações industriais, a Spin se propõe a gerar um componente adequado a cultura do VAR que pode fazer a diferença no no seu custo de implantar uma solução.

O componente “subestação industrial” visa reduzir o custo de automação de subestações industriais, reduzindo o tempo de parametrização do SCADA, dos testes de fábrica e do comissionamento.
A solução visa otimizar três elementos básicos da automação de uma subestação industrial, a qualidade da solução e a minimização do preço e tempo gasto na sua geração.
O componente tem uma arquitetura padrão, usando uma determinada família de relés aplicados aos diversos bays (linha, transformador, alimentador, etc.) da subestação industrial. No caso do componente mostrado, ele utiliza o protocolo DNP30, e foi feito um teste de fábrica verificando todas suas funcionalidades. Assim, além do componente são guardados os arquivos de parametrização dos relés.
Quando uma nova subestação é gerada, usando a mesma família de relés, basta criar mais ou menos bays-tipo, mas tanto a aplicação como os relés já foram testados e não tem erros.

Este componente usa uma família de relés da Sel, parametrizados para uma aplicação de subestação industrial. Estes relés podem ser mudados para outras famílias de relés da SEL ou de outro fabricante e a adequação do componente é muito fácil.
Já estão inclusos no componente as telas detalhes de todos os bays-tipo, bem como a tela de arquitetura do sistema e a lógica de navegação entre telas. Além disso, são disponibilizados também 8 relatórios e módulo de simulação para treinamento do operador. Todos os disjuntores,seccionadores e tap de transformadores suportam comando e o operador pode fazer “reset” de qualquer relé. É possível colocar bloqueio de comandos, assim como, colocar notas explicativas de porque o equipamento está bloqueado.

 

Agende um atendimento

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.