PRODUTO

ActionView

PRODUTO

ActionView

O primeiro software SCADA desenvolvido pela Spin Engenharia.

O ActionView é o primeiro software SCADA desenvolvido pela Spin Engenharia e é utilizado em operações de automação há mais de 20 anos. Foi o primeiro EMS/SCADA desenvolvido no Brasil para atender especificamente os requisitos do setor elétrico, sendo o resultado da parceria entre técnicos de ciência da computação e técnicos de concessionárias de geração, transmissão e distribuição de energia.

Software versátil, simples e leve

Simples de ser usado e leve, o ActionView usa poucos recursos computacionais quando comparado a outras soluções. Seu desempenho é consistente e possui funcionalidades únicas aplicadas ao mercado elétrico.

Tantos anos de aplicação e desenvolvimento resultaram em um software versátil, que se adapta às necessidades do cliente. O ActionView possui um longo histórico de utilização, mas também está preparado para dialogar com o futuro, pois pode ser integrado ao Action.NET.

ActionView + Action.NET

Em aplicações complexas, como Centros de Controle, a migração da aplicação para uma nova plataforma é um assunto que demanda cuidado e atenção. Para casos como esse, a integração do ActionView ao Action.NET permite o uso de vantagens da nova plataforma como mobilidade, objetos vetoriais de ótima qualidade e diversas outras funcionalidades sem a necessidade de migração. É uma opção para clientes que já possuem o ActionView integrado a suas operações, mas desejam obter benefícios mais modernos.

OTS - Treinamentos

Dois fatores contribuem para a falta de experiência de operadores e despachantes de concessionárias de energia: redução dos custos operacionais (desatendimento de sítios) e o envelhecimento e aposentadoria dos técnicos experientes sem renovação do quadro. Entretanto, a responsabilidade de um despachante continua muito grande. Torna-se necessária a criação de ambientes de treinamento com modelos elétricos similares aos reais para treinar operadores. Em instalações que possuem o ActionView implantado, é possível sincronizá-lo com o Action.EMS (módulo do Action.NET), criando-se um Sistema de Treinamento de Despachantes (OTS – Operator Training System) similar ao da concessionária.

Manutenção

O ActionView possui centenas de funcionalidades. E esse número pode crescer facilmente para dezenas de centenas, pois cada cliente pode adaptá-lo de acordo com necessidades específicas. Ter um serviço de manutenção é não apenas uma forma de garantir que uma operação transcorra com segurança, mas também retirar o máximo dela.

Vantagens competitivas

ActionView

MS SQL Server - Banco de dados nativo SCADA e informações históricas

Utilizar o MS SQL Server como banco de dados nativo tanto do SCADA como das informações históricas, tornando-o totalmente aberto (não existe banco de dados proprietário) e de fácil integração com os sistemas do tipo ERP/CRM de empresas.

Criação de uma aplicação complexa sem precisar de script

Permitir a rápida criação de uma aplicação complexa sem a necessidade de se escrever uma linha de código (script). Disponibiliza automaticamente: telas de eventos, alarmes, gráficos de tendência, em tempo real e histórica, planilhas de variáveis analógicas, arquivos de manobras, intertravamentos (alarmes e comandos), consulta às bases de dados de parâmetros e histórica, filtros sobre relatórios, janelas de comando, etc.

Consultas por meio do browser

Disponibilizar uma poderosa ferramenta de consulta a dados históricos e geração de relatórios tanto de estações clientes como na web, por meio de browser.

Acessibilidade versátil e segura

Ser o mais versátil do mercado no que diz respeito a segurança de acesso, habilitando/desabilitando todas as funcionalidades e telas por perfil de usuários.

Leve e robusto

Ser um dos mais leves e robustos SCADAs do mercado em mesmas condições de aplicação (tags, canais, IEDs).

Ser gateway entre os protocolos suportados

Ser gateway entre os protocolos suportados, permitindo, por exemplo, ler dados de um controlador em Modbus e disponibilizar esses mesmos dados para outro supervisório em OPC Server, BacNET IP, etc.

Em único clique

Permitir criação de instâncias de objetos com dezenas de variáveis, condições, funções e todos os métodos e atributos associados e multiplicá-los por meio de um único clique. Assim, podem ser criados objetos como um gerador de uma usina, chiller de uma CAG e outros.

Funcionalidades

Processos independentes disponibilizados no código executável do SCADA

Alarmes, eventos, tendência em tempo real e histórica, consulta de eventos passados, filtros, planilhas tabulares e consulta a base de dados de parâmetros são processos independentes disponibilizados no código executável do SCADA.

Eventos de alarmes em milissegundos

Todos os eventos de alarmes têm estampa de tempo em milissegundos.

Eventos e alarmes e valor analógico

A qualquer evento e alarme pode ser associado um valor analógico que corresponde, por exemplo, à carga interrompida.

Variável analógica com dois alarmes de limite

Qualquer variável analógica tem dois alarmes de limite superior e dois de limite inferior que trocam, automaticamente, em função do nível de carga do sistema (leve/média/pesada).

Gráfico comparativo de carga prevista e carga real

Gráfico comparativo de carga prevista e carga real gerado automaticamente e alterável por dia da semana.

Manobras do setor elétrico

Manobras do setor elétrico disponibilizadas por meio de função interna do software.

Etiquetas de impedimentos de comando e anotações associadas

Etiquetas de impedimentos de comando e anotações associadas, disponibilizadas automaticamente no software.

Organização do sistema em nível hierárquico

Organização do sistema em nível hierárquico contemplado: regional, sítio (subestação/usina), bays e tags.

Intertravamento de comando, condicionamento de alarmes e desbalanço de carga

Intertravamento de comando, condicionamento de alarmes e desbalanço de carga implementados como funções internas do software.

5 módulos compõem o Action.Grid

Implementação

Confira abaixo um resumo das atividades a serem executadas para instalação do Action.GRID:

Análise do sistema da concessionária considerando seu sistema comercial, seu sistema georreferenciado, seu SCADA e sua cultura de operação. O objetivo é estabelecer procedimentos e definir serviços/programas para:

  • Gerar a base de dados de consumidores/transformadores do Action.GRID e estabelecer procedimentos para sua atualização periódica;
  • Se já existe um sistema georreferenciado dos ativos da empresa, estabelecer procedimentos para sua importação e atualização periódica;
  • Se já existem procedimentos para gestão de chamadas e gestão de equipe no campo, definir como será sua integração com o novo sistema;
  • Se já existe um SCADA, definir como será sua integração com o novo sistema.

Elaboração de uma especificação funcional do sistema a ser implantado com as responsabilidades da concessionária e da Spin, precificação da solução e elaboração de cronograma de implantação;

Utilizando a biblioteca de integração do Action.GRID, elaborar as rotinas de integração do sistema da concessionária à solução proposta;

Geração da base de dados georreferenciada do Action.GRID, com todos os ativos, a partir da solução existente. Observar que, caso o cliente não tenha uma solução georreferenciada, utilizando o Action.GIS e Action.MOB é possível gerar um sistema a partir do zero;

Integração do SCADA ao Action.OMS, utilizando a base georreferenciada gerada;

Comissionar o sistema;

Elaborar a documentação as built e treinar as equipes de operação e manutenção.

Confira abaixo um resumo das atividades a serem executadas para instalação do Action.GRID:

Análise do sistema da concessionária considerando seu sistema comercial, seu sistema georreferenciado, seu SCADA e sua cultura de operação. O objetivo é estabelecer procedimentos e definir serviços/programas para:

  • Gerar a base de dados de consumidores/transformadores do Action.GRID e estabelecer procedimentos para sua atualização periódica;
  • Se já existe um sistema georreferenciado dos ativos da empresa, estabelecer procedimentos para sua importação e atualização periódica;
  • Se já existem procedimentos para gestão de chamadas e gestão de equipe no campo, definir como será sua integração com o novo sistema;
  • Se já existe um SCADA, definir como será sua integração com o novo sistema.

Elaboração de uma especificação funcional do sistema a ser implantado com as responsabilidades da concessionária e da Spin, precificação da solução e elaboração de cronograma de implantação;

Utilizando a biblioteca de integração do Action.GRID, elaborar as rotinas de integração do sistema da concessionária à solução proposta;

Geração da base de dados georreferenciada do Action.GRID, com todos os ativos, a partir da solução existente. Observar que, caso o cliente não tenha uma solução georreferenciada, utilizando o Action.GIS e Action.MOB é possível gerar um sistema a partir do zero;

Integração do SCADA ao Action.OMS, utilizando a base georreferenciada gerada;

Comissionar o sistema;

Elaborar a documentação as built e treinar as equipes de operação e manutenção.

ActionView em imagens

ActionView em vídeo

Action.GRID | BR - (8) OMS: Tratamento de Falhas e Chamadas Telefônicas

Este vídeo mostra a simulação de duas chamadas telefônicas e o tratamento do evento associado a estas chamadas. O registro de eventos apresenta os eventos ocorridos com diversas cores, em função de seu status. No registro, é possível ver as manobras associadas, alocar/desalocar equipe de manutenção, assim como ver lista dos materiais e serviços associados ao evento após sua conclusão. A equipe de manutenção possui tablet com o mesmo mapa do OMS, onde é recebida a ordem de trabalho e são lançados os serviços e materiais usados no atendimento do evento.

Tem um projeto para nós? Vamos discutir isso!