EN | PT
SUPORTE
61.3340-8486
Notícias » Smart City no Brasil: é possível?

Smart City no Brasil: é possível?

28/11/2014

Enquanto o mundo dos negócios se movimenta com velocidade, resta-nos acompanhar e contribuir da melhor forma possível. A Spin mantém o ritmo e, com seus dois novos produtos (Action₀NET e Action₀GRID), apresenta sintonia com as tendências do mercado.

Internet of Thins, Big Data, Smart Grid, SaaS, Cloud, não faltam categorias para classificar os diversos movimentos que devem ser mantidos no radar. Entretanto, há um conceito que talvez envolva todos de uma forma global: Smart Cities. Não à toa, alguns dias atrás a publicação MIT Technology Review lançou um artigo especial sobre o tema, chamado Cities Get Smarter.

Exemplos de diversas cidades, empresas e iniciativas públicas fazem parte do conteúdo que sinaliza qual será o futuro dos espaços urbanos ao redor do mundo. De segurança, passando por gestão do tráfego, coleta de lixo, comunicação, aquisição de dados, participação da população em decisões, gestão de crises ambientais e chegando a desenvolvimento de tecnologia; os temas são muitos diversos, mas, acima de tudo, complementares.

A partir deste ponto, uma questão não pode deixar de ser feita: é possível existir uma Smart City no Brasil? O próprio artigo cita o exemplo do Rio de Janeiro na iminência dos Jogos Olímpicos de 2016. Sinaliza que a cidade implantou um sistema de acompanhamento e gestão que permitirá identificar mudanças climáticas, assim como alterações de tráfego e questões relativas a segurança pública. Ainda assim, a cidade maravilhosa está bastante atrás de exemplos como Santander e Barcelona, na Espanha, Amsterdam, na Holanda e mesmo a pequena Chattanooga, nos Estados Unidos. Tais cidades apresentam uma grande sincronia entre os serviços prestados, as empresas que os oferecem e a população que usufrui.

O potencial brasileiro é alto. Entretanto, as iniciativas privada e pública precisam se unir em torno das cidades dispostas a abraçar o futuro. Talvez, esteja aí a resposta para a questão lançada: não se constrói uma Smart City sozinho.

A Spin acredita que é possível mudar a realidade das cidades brasileiras e disponibiliza seus serviços em nome deste desafio. Tecnologia barata e acessível está na base da mudança, segundo a MIT Technology Review. E a energia é o catalizador de todas essas ações em nome de um futuro mais sustentável, consciente e econômico. Os produtos da Spin estão voltados para uma melhor gestão da energia, desde a sua geração até a distribuição. São pacotes de software robustos, ágeis e modernos; prontos para construção do futuro.

Se você faz parte da iniciativa privada ou pública e se interessa em colaborar com a empresa, entre em contato. Com a experiência da Spin, a visão de futuro da empresa e as ideias que você tem a compartilhar, é muito possível desenvolver projetos que possam colaborar intensamente com a mudança estrutural das cidades brasileiras.